Vendas somam quase R$ 2,7 bilhões e crescem 17% na 42ª Expointer, em Esteio

Maior parte do resultado vem do setor de máquinas e implementos agrícolas, que responde por mais de 90% do volume de negócios da feira.

Vendas somam quase R$ 2,7 bilhões e crescem 17% na 42ª Expointer, em Esteio


Maior parte do resultado vem do setor de máquinas e implementos agrícolas, que responde por mais de 90% do volume de negócios da feira. Balanço foi divulgado pelo governo do estado na tarde de domingo (1º), último dia do evento. Trânsito é intenso nos arredores da Expointer neste domingo (25) PRF/Divulgação Após mais de uma semana somando resultados positivos, chega ao último dia a 42ª edição da Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. De acordo com o balanço apresentado pelo governo gaúcho na tarde de domingo (1º), foram quase R$ 2,7 bilhões em vendas, o que representa um crescimento de 17% na comparação com o ano anterior. A maior parte do resultado vem do setor de máquinas e implementos agrícolas, que responde por mais de 90% do volume de negócios da feira. A comercialização chegou a R$ 2,5 bilhões – um aumento de 11,43% em relação ao arrecadado em 2018. O único setor que apresentou decréscimo foi o da pecuária (veja na tabela abaixo). A comercialização de animais caiu 18%, totalizando R$ 8,4 milhões em vendas. Balanço de vendas na Expointer 2019 foi divulgado neste domingo (1º) pelo governo do estado Divulgação/Palácio Piratini Um dos fatores responsáveis pela queda, segundo o governo, foi a suspensão de leilões de cavalo crioulo e de terneiros, que trariam um incremento de aproximadamente R$ 1 milhão. Durante os nove dias de feira, a Expointer 2019 reuniu 416,4 mil pessoas. Para 2020, uma novidade foi anunciada pelo secretário estadual da Agricultura, Covatti Filho: a área cultural da Expointer contará um festival de música tradicionalista. Entrevista teve a presença do governador Leite, do vice Ranolfo, do secretário Covatti e representantes de entidades Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini