Operação Toll desarticula quadrilha que extorquia comerciantes e garotas de programa no Centro de Porto Alegre.

Oito mandados de Prisão preventiva, no centro e na Zona Norte de Porto Alegre,  bem como em Viamão.

Operação Toll desarticula quadrilha que extorquia comerciantes e garotas de programa no Centro de Porto Alegre.

Na manhã desta sexta-feira (06) a Polícia Civil, por meio da 17ª DP de Porto Alegre deflagrou a Operação Toll com o objetivo de desarticular organização criminosa que atua extorquindo comerciantes informais, garotas de programa e comerciantes da região central da Capital. Durante a ação oito pessoas foram presas, armas, drogas e veículos de luxo foram apreendidos.

Segundo o delegado Juliano Ferreira, titular da 17ª DP de Porto Alegre, as extorsões começaram há aproximadamente dois anos, primeiramente com comerciantes informais e garotas de programa que atuam no Centro de Porto Alegre, porém recentemente a organização ficou mais ousada e passou a extorquir também os comerciantes regulares daquela região. "O grupo criminoso foi responsável pelo incêndio ocorrido na Galeria Malcon na madrugada do dia 22 de maio, como forma de retaliação à instalação de uma guarita, a qual fazia a identificação dos frequentadores do prédio. No decorrer das investigações sete pessoas já haviam sido presas, complementa o delegado."Para frear o avanço dessa organização criminosa, foi deflagrada a Operação Toll que deu cumprimento a 58 mandados de busca e apreensão e oito mandados de Prisão preventiva, no centro e na Zona Norte de Porto Alegre,  bem como em Viamão. 

Fabiano Costa
Michel Fontana