O que muda se eu sacar os R$500 reais do fundo de garantia em Setembro?

O que muda se eu sacar os R$500 reais do fundo de garantia em Setembro?

A resposta é NADA. Segundo o Ministério da Economia, o saque imediato (500 reais por conta) atinge indiscriminadamente todas as contas ativas e inativas, independentemente de adesão, e não se relaciona com o Saque-Aniversário, que depende de adesão prévia.

ou seja, quem optar por sacar os R$ 500 reais da conta em Setembro, não vai sofrer com nenhum tipo de mudança.

No ano que vem, quem aderir ao saque-aniversário não poderá usar o Fundo em caso de demissão mesmo sem justa causa.

Na quarta-feira (24), o governo anunciou mudanças no FGTS, com a possibilidade de fazer um saque imediato de R$ 500 e também a criação do saque-aniversário, que vai conceder ao trabalhador, a partir de 2020, a possibilidade de sacar, anualmente, um percentual de seu saldo.

 

Quem aderir ao saque-aniversário, no ano que vem, tem alguma desvantagem?

O trabalhador que está há muitos anos na empresa e sabe que vai precisar desse valor em caso de demissão deve pensar bem se quer mesmo o saque-aniversário. Isso porque, ao fazer essa opção, o trabalhador abre mão de resgatar a totalidade do fundo caso seja demitido sem justa causa