Justiça determina internação de adolescente que confessou morte de menina de 14 anos em Alvorada

Rapaz de 16 anos foi apreendido na segunda-feira (1º) e afirmou ter cometido o crime. Marjana Bittencout tinha 14 anos e foi morta próximo de casa, na noite de sábado (28).

Justiça determina internação de adolescente que confessou morte de menina de 14 anos em Alvorada

A Justiça autorizou nesta terça-feira (2) a internação provisória do adolescente de 16 anos que assumiu ter matado Marjana Bittencourt, de 14 anos, em Alvorada, Região Metropolitana de Porto Alegre. O crime aconteceu no último sábado (28), próximo a casa da vítima. Marjana foi morta a tiros.

Conforme a Polícia Civil, policiais receberam informações anônimas relatando que o adolescente poderia ter envolvimento. Ele foi localizadoe apreendido na segunda-feira (1º) pela Brigada Militar, que encontrou um revólver, drogas e dinheiro com o rapaz. Ele tem antecedentes na ficha policial.

Encaminhado à Polícia Civil, ele prestou depoimento e confirmou ser autor do homicídio, conforme a Polícia Civil. O Ministério Público do RS pediu a internação provisória, o que foi autorizado pela Justiça da cidade. Segundo o delegado do caso, Edimar Machado de Souza, à noite ele já havia sido encaminhado para uma casa sócio-educativa da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Ele explica que as informações fornecidas pelo adolescente estão de acordo com outros indícios obtidos pela investigação, como vestes usadas no momento do crime, a arma e a motivação: a razão do crime seria o envolvimento de ambos com grupos criminosos que atuam na região.