Fifa The Best: pela sexta vez, Lionel Messi é eleito melhor jogador do mundo e Alisson é eleito melhor goleiro do mundo.

Fifa The Best: pela sexta vez, Lionel Messi é eleito melhor jogador do mundo e Alisson é eleito melhor goleiro do mundo.

Argentino supera Van Dijk e Cristiano Ronaldo e volta a conquistar premiação após quatro anos.

Pela sexta vez, o mundo está aos pés de Lionel Messi. O craque do Barcelona superou Virgil van Dijk, do Liverpool, e Cristiano Ronaldo, da Juventus, e conquistou o prêmio “Fifa The Best” de melhor jogador do mundo da temporada 2018/19. O camisa 10 argentino agora é o maior vencedor da premiação no futebol masculino, com seis troféus, uma a mais que CR7. Ele iguala Marta, que também tem seis conquistas no feminino.

Titular do Liverpool e da seleção brasileira, Alisson Becker foi eleito hoje como o melhor goleiro do mundo da última temporada. A escolha foi anunciada durante o The Best, premiação da Fifa realizada em Milão, na Itália. Alisson, que recebeu o prêmio das mãos de Marta, bateu o compatriota Ederson, do Manchester City, e o alemão Ter Stegen, do Barcelona.

O brasileiro de 26 anos de idade foi um dos principais nomes do Liverpool na última temporada. Campeão da Liga dos Campeões com atuações sólidas, ele também fez parte de uma defesa que levou apenas 22 gols na última edição do Campeonato Inglês - média de 0,56 por jogo - e não foi vazada em 21 duelos.

Posição Nome Clube Pontos
1 Messi Barcelona 46
2 Van Dijk Liverpool 38
3 Cristiano Ronaldo Juventus 36
4 Salah Liverpool 26
5 Mané Liverpool 23
6 Mbappé PSG 17
7 De Jong Ajax/Barcelona 16
8 Hazard Chelsea/Real Madrid 16
9 De Ligt Ajax/Juventus 9
10 Kane Tottenham 5

Fonte: Fifa

Embora não tenha conquistado a Liga dos Campeões da Europa, Lionel Messi se credenciou ao prêmio com números expressivos. Ninguém na última temporada fez tantos gols ou participou de tantos gols quanto ele. O argentino balançou as redes 54 vezes em 56 jogos e ainda deu 19 assistências por Barcelona e Argentina no período.

- Na verdade, eu sempre digo que o prêmio individual é secundário, o mais importante é o coletivo. Mas hoje é especial para mim, tive a oportunidade de estar ao lado da minha mulher e de dois dos meus três filhos. O Thiago já veio aqui, mas era muito pequeno, hoje vê-los ali não tem preço. São dois apaixonados por futebol, e estão adorando ver tantos jogadores aqui, não sabem se pedem autógrafos, estão tímidos - disse Messi.

"É um grande prazer receber esse prêmio. Isso representa tudo aquilo que trabalhei por toda minha vida até chegar aqui. Gostaria de agradecer minha esposa, minha filha, meu filho recém-nascido, meus pais e todos aqueles que me ajudaram a chegar até aqui. Estou sem palavras, receber esse prêmio de uma grande atleta, a rainha Marta. Acho que represento todo o brasileiro que sonha em jogar bola. Não desistam dos seus sonhos. Eu saí do nada, lutei, valorizei tudo, honrei Deus e ele me honrou. Muito obrigado", disse Alisson após receber o troféu.