Empresa do RS cria site para aproximar quem precisa com quem pode ajudar

Há 50 dias em funcionamento, o site Precisamos já acumula mais de 1 mil usuários em 125 cidades do Brasil. Ferramenta usa a geolocalização para aproximar quem quer ajuda de quem precisa. Empresa do RS cria site para aproximar quem precisa com quem pode ajudar Para unir voluntários e pessoas que precisam de ajuda com as mais diversas necessidades e tarefas durante a pandemia de coronavírus, a empresa gaúcha Base criou a plataforma Precisamos, um site que une quem precisa a quem pode ajudar por meio da geolocalização. Veja acima como o site funciona. Os pedidos vão desde ajuda com tecnologia, passeio com pets, compras no mercado até conversas por telefone para pessoas em situação de risco. Há 50 dias no ar, o projeto já realizou 500 pedidos de ajuda, com mais de 1 mil usuários em 125 cidades do país. De acordo com o CEO da empresa de tecnologia, Marcos Rasta Schestak, a ideia surgiu logo no início da pandemia no Brasil, no mês de março. “A gente se reuniu para saber como a gente poderia fazer algo dentro daquilo que já fazemos. Auxiliando de fato quem fosse precisar de ajuda. No início de março, já prevíamos que as coisas iam mudar no mercado.” Atualmente a plataforma tem 151 pedidos de ajuda e 477 pessoas colaborando. O objetivo agora, segundo Rasta, é expandir o serviço, chegando a mais pessoas necessitadas, e com um número maior de voluntários. Marcos Rasta Schestak mostra plataforma Precisamos Divulgação Como funciona o site O site une pessoas próximas para facilitar os serviços. Os “matchs” que unem os voluntários, além de promover uma relação de solidariedade, são seguros para ambos os lados. “Através do mapa você pode localizar os pins (marcadores) mais próximos de vocês, incentivando assim que as ajudas ocorram com o menor deslocamento possível para aquelas categorias que atendem às necessidades dos grupos de risco. Uma coisa bacana é a segurança, em nenhum momento você descobre quem é a pessoa. No momento que você clica no 'quero ajudar', ou recebe esse pedido de ajuda do pin que você criou, é só nesse momento que, por e-mail, você vê os dados dessa pessoa.” Porém, o serviço vai além de unir pessoas pela geolocalização para prestar ou pedir ajuda. Uma das atualizações da plataforma permite que o voluntário possa comprar donativos como alimentos ou projetos de higiene online e pedir entrega diretamente na casa de quem solicitou ajuda. “E, pra complementar, recentemente lançamos a categoria 'pagar contas básicas, de água de luz'. Ou seja, você pode escolher ajudar com o pagamento desses boletos, diretamente via internet, ajudando assim quem precisa de apoio para manter as contas em dia.” Conheça as categorias de ajuda do site: Alimentos Perecíveis Alimentos Não Perecíveis Costura Conversar pelo Telefone Fazer Compras Entregas e Buscas Dúvidas sobre Tecnologia Higiene Pessoal Produtos de Limpeza Manutenção Vestuário Trabalho Voluntário Passear com o Pet Pagar conta de luz ou água Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text

Empresa do RS cria site para aproximar quem precisa com quem pode ajudar

Há 50 dias em funcionamento, o site Precisamos já acumula mais de 1 mil usuários em 125 cidades do Brasil. Ferramenta usa a geolocalização para aproximar quem quer ajuda de quem precisa. Empresa do RS cria site para aproximar quem precisa com quem pode ajudar Para unir voluntários e pessoas que precisam de ajuda com as mais diversas necessidades e tarefas durante a pandemia de coronavírus, a empresa gaúcha Base criou a plataforma Precisamos, um site que une quem precisa a quem pode ajudar por meio da geolocalização. Veja acima como o site funciona. Os pedidos vão desde ajuda com tecnologia, passeio com pets, compras no mercado até conversas por telefone para pessoas em situação de risco. Há 50 dias no ar, o projeto já realizou 500 pedidos de ajuda, com mais de 1 mil usuários em 125 cidades do país. De acordo com o CEO da empresa de tecnologia, Marcos Rasta Schestak, a ideia surgiu logo no início da pandemia no Brasil, no mês de março. “A gente se reuniu para saber como a gente poderia fazer algo dentro daquilo que já fazemos. Auxiliando de fato quem fosse precisar de ajuda. No início de março, já prevíamos que as coisas iam mudar no mercado.” Atualmente a plataforma tem 151 pedidos de ajuda e 477 pessoas colaborando. O objetivo agora, segundo Rasta, é expandir o serviço, chegando a mais pessoas necessitadas, e com um número maior de voluntários. Marcos Rasta Schestak mostra plataforma Precisamos Divulgação Como funciona o site O site une pessoas próximas para facilitar os serviços. Os “matchs” que unem os voluntários, além de promover uma relação de solidariedade, são seguros para ambos os lados. “Através do mapa você pode localizar os pins (marcadores) mais próximos de vocês, incentivando assim que as ajudas ocorram com o menor deslocamento possível para aquelas categorias que atendem às necessidades dos grupos de risco. Uma coisa bacana é a segurança, em nenhum momento você descobre quem é a pessoa. No momento que você clica no 'quero ajudar', ou recebe esse pedido de ajuda do pin que você criou, é só nesse momento que, por e-mail, você vê os dados dessa pessoa.” Porém, o serviço vai além de unir pessoas pela geolocalização para prestar ou pedir ajuda. Uma das atualizações da plataforma permite que o voluntário possa comprar donativos como alimentos ou projetos de higiene online e pedir entrega diretamente na casa de quem solicitou ajuda. “E, pra complementar, recentemente lançamos a categoria 'pagar contas básicas, de água de luz'. Ou seja, você pode escolher ajudar com o pagamento desses boletos, diretamente via internet, ajudando assim quem precisa de apoio para manter as contas em dia.” Conheça as categorias de ajuda do site: Alimentos Perecíveis Alimentos Não Perecíveis Costura Conversar pelo Telefone Fazer Compras Entregas e Buscas Dúvidas sobre Tecnologia Higiene Pessoal Produtos de Limpeza Manutenção Vestuário Trabalho Voluntário Passear com o Pet Pagar conta de luz ou água Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text