Atraso no salário reduz serviços de saúde no Município.

Parte dos funcionários de empresa que presta serviço para a prefeitura não compareceram às unidades nesta segunda-feira.

Atraso no salário reduz serviços de saúde no Município.

Quem recebe o atendimento básico de saúde nas unidades de Viamão, pode perceber uma mudança na rotina das UBS (unidades básicas de saúde) do município. É que devido aos atrasos recorrentes nos salários dos funcionários de uma empresa terceirizada, Instituto dos Lagos Rio, muitos deles não compareceram na manhã desta segunda-feira (12).

Alguns Funcionários entraram em contato com a redação da Gazeta de Viamão para cobrar uma resposta por parte da empresa ou da prefeitura.

Nossa reportagem procurou o setor de comunicação da prefeitura que prontamente nos respondeu:

Sobre a redução momentânea de alguns serviços, a Secretaria Municipal da Saúde vem informar que eles ocorrem, exclusivamente, em função de restrições impostas pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, para o repasse de valores ao Instituto dos Lagos Rio. O referido Instituto é uma Organização Social responsável pelo atendimento integral da Unidade de Pronto Atendimento UPA 24h. Já na Rede de Unidades de Saúde, eles realizam parcialmente a gestão. Medidas estão sendo tomadas para minimizar o impacto desta situação momentânea e estamos trabalhando na busca da melhor solução do problema.

Sobre prazo para o pagamento dos salários:

A acessória informou que a prefeitura está em dia com o pagamento das contas do município e que esta decisão se dá por conta apenas do Tribunal de Contas, não podendo assim precisar uma data.

Entramos em contato também com o Instituto dos Lagos Rio que até o fechamento desta reportagem não havia se pronunciado.